frutos de sombra













frutos
 
  • Fotos
  • Filmes
  • Livros
  • Discos
  • Petiscos
  • Viagens
  • Tempo
  • Notícias
  • Dicionário
  • Wikipedia
  • Cidadão





  • e-mail

    This page is powered by Blogger.

    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com














    domingo, 15 de março de 2009


    Da crise e do medo
    O esquema da crise é mais ou menos assim: algumas empresas fecham ou reduzem pessoal; esses desempregados consomem pouco; as empresas que fabricam os produtos que esses desempregados consumiriam se estivessem empregados vendem menos; essas empresas fecham ou reduzem pessoal; e por aí fora.

    O esquema do medo é mais ou menos assim: eu tenho emprego e a minha empresa está bem, mas vejo telejornais e nunca se sabe, por isso reduzo o meu consumo. Não mudo de carro este ano, não pinto a casa este ano, não compro um computador novo este ano. As empresas que fabricam, vendem, transportam, publicitam estes e outros produtos ficam em dificuldades e fecham ou reduzem pessoal e a história continua no parágrafo de cima.

    A crise é objectiva. O medo nem tanto. Mas não se diz simplesmente a uma pessoa para não ter medo e ela deixa automaticamente de o ter.
    Então, quem é que pode ter menos medo? Quem trabalhar para uma empresa que de certeza não venha a falir nem a demitir pessoas. Assim de repente vejo uma, o Estado. Por isso, caros funcionários públicos, vocês podem salvar o país da crise. Troquem de carro este ano, mudem de computador e, sobretudo, pintem a casa de novo.

    # Jorge Moniz |